Trabalho remoto vs. presencial

O respondi é uma empresa no formato híbrido. Ou seja, nós temos um espaço físico de trabalho, onde as pessoas se encontram eventualmente, mas também abraçamos o trabalho remoto.
Apesar de o momento ser super favor√°vel ao trabalho remoto, e eu (Fernando) ter passado anos trabalhando de forma remota, a gente entende que cada formato tem suas vantagens e desvantagens. Ent√£o, nesse momento, encontrar um meio-termo nos pareceu o ideal.

O real problema do trabalho presencial

Considerando que você tem um ambiente saudável de trabalho, geralmente o dia a dia presencial tem dois grandes problemas:

Tempo de deslocamento

Em cidades onde você leva duas horas para chegar ou sair do seu escritório, se deslocar até lá se torna uma tortura sem sentido. Você acaba perdendo um pedaço grande do seu dia em deslocamento e chega cansado.
Pra resolver esse problema, temos duas estratégias:
  1. Localiza√ß√£o: nosso ‚ÄúQG‚ÄĚ fica em uma √°rea central de Porto Alegre. Uma cidade relativamente pequena, onde voc√™ vai de ponta a ponta geralmente em at√© 30 minutos fora do hor√°rio de pico.
  1. Hor√°rios flex√≠veis: n√£o existe cidade no mundo que suporte toda a popula√ß√£o tentando se deslocar ao mesmo tempo entre 8h-10h e 17h-19h. Voc√™ vai pegar tr√Ęnsito. Por isso oferecemos hor√°rios flex√≠veis, em que voc√™ pode se deslocar no contrafluxo. Come√ßar sua jornada de casa e chegar no escrit√≥rio in√≠cio da tarde? Tudo bem.

‚ÄúAqueles dias‚ÄĚ

Sabe o dia que você simplesmente não quer sair de casa? Seja porque está caindo o mundo lá fora, seja porque você dormiu pouco na noite anterior, ou ainda porque precisa esperar uma encomenda importante que está por chegar.
Ser obrigado a ir pro escritório nesses dias é horrível. Você já acorda irritado e passa o dia de mau humor porque não queria estar ali.
Nesses dias, fique em casa. Está tudo bem. Desde que não se torne algo constante na sua rotina, ou você tenha aquela reunião importante agendada no escritório, aproveite o home office.
 

A real vantagem do trabalho presencial

√Č um pouco estranho de pensar, mas o que mais agrega valor em um time que se encontra com frequ√™ncia n√£o √© o trabalho em si, √© o que acontece no intervalo dele.
Sendo direto: provavelmente você consegue ter um desempenho melhor de casa, mais focado, na sua própria agenda. Eu sei que VOCÊ vai entregar o seu melhor trabalho em casa. No entanto, o time talvez não.
Existem momentos de um time em que o mais importante não é a velocidade com que cada indivíduo entrega suas tarefas, mas sim quão sintonizadas as pessoas estão. Principalmente no início de um grande projeto, como é o nosso momento atual.
Quando formamos um novo time, que ainda não se conhece, não sabemos a melhor forma de agir entre nós.
  • Ser√° que devo comentar que esse c√≥digo est√° pouco leg√≠vel? Fulano vai levar na boa?
  • Ser√° que pega mal se eu escrever um texto pra colocar no nosso blog? V√£o dizer que estou me metendo onde n√£o deveria?
  • Ser√° que o pessoal sabe que existe esse concorrente novo?
Esses s√£o questionamentos que, quando estamos juntos, tomando um caf√©, surgem naturalmente. Quando estamos isolados em casa, sem conhecer nossos colegas muito bem, se tornam eventos a serem discutidos em reuni√Ķes. Ou pior, nunca s√£o discutidos.
Com o tempo e a maturidade do time, essa barreira fica mais fácil de quebrar. Mas, no início, é supercomplexo.
 

Por fim, outros dois pontos r√°pidos

Trabalho remoto √© cruel com profissionais j√ļnior

Depois de ter quatro, seis ou dez anos de experi√™ncia em uma √°rea, voc√™ acaba ganhando confian√ßa e produtividade naturais. Ent√£o nada mais inteligente que se isolar das distra√ß√Ķes, abaixar a cabe√ßa e entregar tudo o que tem que ser entregue.
No entanto, pra quem est√° come√ßando, √© superdif√≠cil. Imagine a situa√ß√£o: voc√™ acabou de ser contratado em uma nova empresa, tem pouca ou nenhuma experi√™ncia no que est√° fazendo e precisa encarar a tela do computador sozinho. N√£o tem ningu√©m pra trocar uma ideia r√°pida, sem virar ‚Äúuma reuni√£o‚ÄĚ. N√£o tem nenhuma conversa de corredor que voc√™ escuta e acaba se envolvendo sem querer. Nem mesmo os erros que os outros cometem ficam evidentes pra voc√™ e parece que s√≥ voc√™ que ‚Äúquebra a cara‚ÄĚ.
Pessoas que estão iniciando (ou amadurecendo) sua jornada profissional, precisam ver, ouvir e conviver com pessoas mais experientes. Se você tirar essa oportunidade dela, provavelmente vai moldar como a carreira da pessoa irá se desenvolver.
 

Trabalho remoto também é uma maravilha

Como comentei no in√≠cio, eu n√£o sou contra o remoto. Trabalhar dessa forma me deu liberdade de morar em 5 cidades (3 pa√≠ses) diferentes nos √ļltimos 10 anos.
Pra algumas pessoas, significa morar em uma regi√£o de baixo custo de vida e receber um sal√°rio de um mercado forte e aquecido. Pra outras, pode ser a √ļnica op√ß√£o para acompanhar o crescimento dos filhos de perto.
Por isso, a gente não espera que o nosso formato híbrido funcione para todo mundo. Ele é um intermediário que tenta unificar o melhor de cada modelo, mas talvez não seja pra você hoje.
Talvez, inclusive, não seja o ideal pra nós amanhã. O momento do projeto, a maturidade do time, os objetivos da empresa são fatores que influenciam pra determinar o melhor formato de trabalho.
Hoje nós temos esse, amanhã pode ser outro.